sábado, 25 de outubro de 2008

Imagens de Eventos de 2008














































3 comentários:

Roit disse...

Pena que só cheguei agora...
Certamente, pelas fotografias, estes eventos foram um sucesso. Está estampado na felicidade dos rostos.
Penso que dá pra gente conversar a respeito de unir alguns destes eventos, tipo, Feira Cultural e Feira de Ciências, favorecendo, assim, o aspecto multidisciplinar, agregando cada vez mais.

Patricia disse...

Estou de acordo com o Júlio e sempre afirmei isso! A feira de Cultural e de Ciências deveriam ser unificadas. Na realidade Ciências Humanas e Exatas caminham juntas.A vida não é fragmentada. Tudo está relacionado! Tudo interfere em tudo! E a gente com esta mania de colocar cada um (e cada coisa) "em seu quadrado"! Professores de humanas e exatas, ficariam juntos trabalhando com uma mesma turma, trabalhando com o seu sub-tema e cada um puxando à sardinha para sua área afim.

Roit disse...

Minha amiga,
O que ainda não consegui compreender é o que difere as tais "ciências" exatas das ditas humanas.
A fragmentação, a meu ver, é meramente reflexo da destituição do caráter humanístico da educação, que se tornou bancária (Paulo Freire, isolando, cada vez mais, aqueles que ainda acreditam que devam se dedicar somente às suas disciplinas esquecendo-se do principal: a contextualização com a vida, que não se resume à Física, Química, Matemática, Literatura...
A vida é bem mais ampla que possa imaginar a nossa vã filosofia, minha amiga.
Por que não incluímos explicações da Química para explicar a relação do tema (sujeito) com o enunciado (predicado)? Ou da Matemática com os pronomes do caso reto e oblíquo? Isto sem contar da interface explícita entre a Física com o caos na obra fragmentada de alguns autores como Augusto dos Anjos.
O currículo por projetos é uma proposta a ser debatida entre todos os que pretendem o melhor para aqueles que são o objetivo maior de nossa prática: o aluno.

Paulo Freire

"Ensinar exige reconhecer que a educação é ideológica."

(Pedagogia da autonomia)